Dicas para organizar um chá de bebê inesquecível

Dicas para organizar um chá de bebê inesquecível

Você há de concordar que a gestação é o período mais especial na vida de qualquer mulher, e que todos os momentos que envolvem a chegada deste novo membro na família são repletos de emoções. É um tempo mágico e inesquecível, que será lembrado para sempre.

Por este motivo é que o chá de bebê é tão importante. É nesta ocasião que a família e os amigos mais próximos se reúnem para mostrar ao casal “grávido” que compartilham com eles essa imensa felicidade, e aproveitam o momento para ajudar os pais a completar o que falta no enxoval do bebê.

Já que o assunto é chá de bebê, preparamos uma lista com algumas dicas para te ajudar a organizar um que seja inesquecível.


Quais são os primeiros passos?

1) Lista de convidados: a primeira coisa que deve ser feita é pedir à gestante que faça uma lista de convidados. Quem deve ser chamado? Depende… Se o casal tem muitos amigos em comum não há nenhum problema que sejam convidadas pessoas de ambos os sexos, mas, geralmente, o interesse maior em participar de chás de bebês é entre as mulheres. Também não é muito bom fazer uma mega festa com dezenas de convidados, já que é uma comemoração mais íntima, com amigos e familiares mais próximos.

2) Lista de presentes: também é a futura mamãe quem deve fazê-la, porque é ela quem sabe o que está faltando providenciar. O melhor é colocar listas de presentes em lojas especializadas, pois, além de não correr o risco de ganhar coisas repetidas, haverá opções para todos os bolsos. O antigo costume de determinar no convite o que a pessoa deve trazer é uma tremenda gafe. Deixe os convidados livres para presentearem o que acharem melhor, e, se a mãe já providenciou tudo o que o bebê necessita, peça fraldas, que serão muito úteis.

3) Convites: hoje em dia existe uma opção muito interessante que são os convites online. Já ouviu falar? São bonitos, bem mais práticos, ecologicamente corretos e superfáceis de enviar. Imagine que maravilha economizar as horas que você perderia para entregar pessoalmente cada convite. Se você optar pela entrega virtual, seu convidado vai receber um lindo convite online sem nenhuma complicação e é como se estivesse recebendo de suas mãos, além do que, a beleza e a qualidade serão as mesmas e até melhores. Sim! Porque há centenas de opções diferentes, uma mais bonita do que a outra bastando inserir as informações da festa ( horário, local, traje, etc) e escrever um texto de maneira bem informal, afinal, um chá de bebê é um evento bem descontraído. Fora todas essas vantagens, a confirmação da presença é muito mais simples. Pense a respeito… vale a pena realmente! Também existem os convites tradicionais, que podem ser comprados já prontos, ou os trabalhosos, confeccionados por você, e neste caso, damos algumas idéias:

  • Um lindo pacotinho com chocolatinhos, balas e um cartãozinho feito em scrapbook com as informações da festinha. Fica muito fofo.
  • Um pedaço de tecido dobrado em forma de fralda e preso com um alfinete. Dentro da “fralda” um cartãozinho com o dia e horário marcado.
  • Uma mini xícara de chá, com um mini bebêzinho em biscuit dentro dela. As informações da festa ficarão marcadas no pires.

Como deve ser feita a decoração?

Geralmente os chás de bebê são feitos em torno do sétimo mês de gestação, quando já se sabe o sexo e o nome do bebê, por isso, fazer a decoração não é difícil.

  • O nome do bebê deve estar obrigatoriamente na decoração.
  • Balões de cores predominantes à escolha do organizador – geralmente é usado o tradicional azul para meninos e rosa para as meninas, mas não é regra.
  • Painéis da parede principal – existem várias maneiras de decorar a parede principal, que é a que fica atrás da mesa do bolo. Você pode pendurar uma corda imitando um varal com roupinhas de bebê, colocar fotos de personagens infantis ou até um painel com fotos do período da gestação. Tudo é válido e o importante é usar a criatividade.
  • Um painel para os convidados deixarem recadinhos carinhosos e conselhos (recorte cartõezinhos em forma de coração e deixe em uma caixinha ao lado com alfinetes ou adesivos para colar cada um no painel).
  • Use também bichinhos de pelúcia, bebês de biscuit, flores e sapatinhos de bebê.
  • Cupcakes e potinhos com balas coloridas deixam o clima muito alegre.
  • Se for uma festa mais simples, faça uma mesa menor, apenas com o bolo, uma linda toalha e as lembranças espalhadas.
  • O bolo deve ser bem bonito, também enfeitado com o mesmo tema da festa. É melhor encomendar de uma confeiteira ou apelar para o conhecido bolo de fraldas, servindo, no final, um bolo já cortado.

O que dar de lembrança?

Evite dar coisas inúteis que serão jogadas fora posteriormente. Prefira lembranças comestíveis como cupcakes, cestinhos com balas ou castanhas, mini mamadeiras com confeitos, etc. Mas há muitas outras opções de bom gosto:

  • Vasinhos de flores ou plantas.
  • Sabonetes de variados formatos.
  • Pequenos frascos de colônia infantil ou creme para as mãos.
  • Porta joia personalizado, com o nome da criança.
  • Vidrinhos de esmalte e batons.
  • Tradicionais enfeites em biscuit.

Qual é o melhor cardápio?

Não invente coisas muito complicadas e nem exagere na quantidade, pois a maioria destas festinhas começa nas primeiras horas do período da tarde, quando os convidados mal acabaram de almoçar. Escolha duas a três opções entre: salgadinhos tradicionais, crepes, sanduíches de metro, tortas, mini sanduíches e canapés. Apenas o bolo como opção de doce é mais do que suficiente.


E as brincadeiras? São bem aceitas?

As brincadeiras tradicionais são uma faca de dois gumes: elas de fato animam a festa e ajudam a descontrair o ambiente, no entanto, podem constranger os convidados.

É necessário ter bom senso para entender que nem todos gostam de se expor, e deixar um convidado em situação ridícula diante de pessoas que ele mal conhece é uma gafe imperdoável. Tome cuidado com isso, pois além de deixar pessoas constrangidas, você pode destruir uma amizade por conta de uma brincadeira de mau gosto.

Jamais faça um convidado “pagar” algum castigo. É preferível fazer brincadeiras em que os convidados ganhadores recebam brindes sem que os perdedores sejam obrigados a passar por situações constrangedoras. Alguns jogos, no entanto, são interessantes e você pode usá-los. As regras valem também para a futura mamãe. Seguem alguns exemplos:

  • Tentar adivinhar a circunferência da barriga da mãe – quem mais se aproximar ganha um prêmio.
  • Batata quente – quem ficar por último ganha um brinde.
  • Adivinhação de músicas infantis. O grupo que mais adivinhar o nome das músicas ganha um brinde.

Estipule um tempo de duração.

Um chá de bebê deve ter horário para começar e principalmente para acabar, para que não chegue a esgotar a futura mamãe. Três horas de duração é o ideal: todos se divertem e a mamãe não ficará cansada.


Existem muitas maneiras de organizar um chá de bebê e estas foram apenas algumas ideias. E você? Têm outras sugestões? Deixe seus comentários também!