Como fazer uma festa de confraternização da empresa

Como fazer uma festa de confraternização da empresa

O ano está acabando e com isto chegam as festas de confraternização em família e também entre os funcionários de uma empresa. Para se programar, organizar a festa e fazer dela um sucesso por completo, alguns elementos precisam de atenção logo após decidido o estilo da festa, como, por exemplo, o espaço e o cardápio.

Para pensar em todos os detalhes, primeiramente é preciso que seja definida a quantidade de convidados. Para isto, é preciso decidir se a festa será restrita aos funcionários, ou se será aberta para a família e clientes da empresa. Se a confraternização for aberta, peça para que seus funcionários e clientes confirmem até certa data a quantidade de pessoas que os acompanharão, por tanto, já separe um local grande e que comporte a quantidade de pessoas resultantes de uma conta simples: em media, cada funcionário é acompanhado por mais 2 pessoas.

Estilo da Festa

Como já foi dito, o estilo da comemoração é o primeiro passo a ser pensado. Desde a festa de gala até o churrasco. Estes estilos, além de trazerem gastos completamente diferentes, trazem os mesmos elementos e detalhes, mas que devem ser pensados de formas diferentes.

É essencial que o estilo da empresa esteja bem definido nas festas de final de ano. Os seus convidados estão à espera de algo que reflita o dia a dia deles de uma forma mais elegante ou descontraída.

Espaço/Local

Para festas de gala, as empresas que possuem salões de convenções ou salões próprios para festa podem usar e abusar deste espaço, ou então, alugar algum espaço para festas nas redondezas. Já para festas mais informais, como churrascos, alugue espaços em chácaras, clubes ou até mesmo, hotéis (alguns possuem este serviço).

Cardápio

É claro, que assim como o espaço, o cardápio da festa irá variar de acordo com o estilo da mesma. Para aqueles que desejam mais requinte e sofisticação, uma degustação de canapés, espumante e vinho é o ideal. Servir pratos quentes também é permitido, mas dependendo da quantidade de convidados, esta tarefa se tona complicada.

Já para churrascos, o cardápio é fácil de ser acertado. A dica é apenas tentar variar no menu de carnes e trazer algumas opções diferenciadas dos churrascos dos finais de semana dos funcionários, além de acompanhamentos (como arroz, salada e maionese) e diferentes tipos de bebida (que devem ir desde a água até a caipirinha).

Verba

A verba da festa é algo muito importante, já que sem ela, nada acontece. Não é vergonha par uma empresa cobrar uma “entrada” de cada funcionário, desde que não seja um valor abusivo e todos possam arcar, mas é muito mais elegante apenas convidar aos funcionários, ou cobrar um valor simbólico (como 5 reais), e deixar que eles aproveitem a festa em sua total extensão.

Para as empresas menores, com poucos funcionários, fazer um happy hour ou jantar em algum restaurante nas redondezas da empresa é algo valido e muito mais pratico. O mais importante de tudo é deixar os funcionários a vontade e criar, de uma forma diferenciada do dia a dia, um vinculo informal que fará diferença no trabalho todos os dias.