10 maneiras de economizar na festa de aniversário

10 maneiras de economizar na festa de aniversário

Não dá para deixar o aniversário de seu filho passar em branco, mas aposto que quando você começa a pensar na grana que vai ter de gastar e no desequilíbrio do orçamento que a comemoração vai gerar, você chega até a pensar se é mesmo necessário deixar que seu filho assopre as velinhas ao som do “Parabéns a você”. Saiba que é perfeitamente possível fazer uma festinha super legal e não gastar rios de dinheiro. Confira as nossas dicas para você economizar na festa:

  • Estabeleça um orçamento e não saia dele – Defina de antemão o quanto poderá gastar e, a partir deste valor, comece a colocar na ponta do lápis tudo o que pretende realizar. Sem planejamento você vai acabar se perdendo, com certeza. Pesquise preços de bebidas, alimentação, enfeites, copos, pratos, toalhas e verifique minuciosamente o que é realmente necessário ou não. Se um item estiver fora de seu orçamento, corte-o e substitua por outro. Antes de comprar, não se esqueça de comparar os preços!
  • Faça uma lista bem enxuta de convidados – Não tem jeito… O gasto de uma festa é proporcional ao número de convidados. De fato, é complicado deixar de fora pessoas que fazem parte do nosso convívio diário, mas, se você precisa economizar, deve se convencer que não é possível convidar todo mundo. Use critérios para definir quem serão os escolhidos. Família próxima: avós, tios e padrinhos da criança não podem ser deixados de fora. Amigos próximos que tenham filhos na faixa etária da criança. Coleguinhas da escola, do condomínio ou vizinhos. Você pode optar também por uma festa em dia de semana, apenas com crianças.
  • Estabeleça um tempo máximo de duração da festa – Crianças não aguentam ficar muito tempo num lugar só, por isso, o tempo ideal para festas infantis é de 3 horas, mais do que isso se tornará cansativo para você e para elas. O período da tarde também costuma ser mais econômico pois os convidados não estão com muita fome devido ao almoço. Um bom horário para festinhas de criança é entre 14h e 18h.
  • Defina um cardápio coerente aos convidados – Se a festa é de criança, os convidados principais serão crianças e criança gosta de coisas simples. Então, não quebre sua cabeça e não se preocupe em encomendar dezenas de tipos de salgadinhos e doces incrementados. Cachorro quente e mini pizzas são os campeões na lista de preferências dos pequenos. E os doces? Você tem dúvidas de que os brigadeiros podem reinar sozinhos na festa? Se quiser algum outro tipo, vá a um atacadista e compre marshmallows ou balinhas de goma que são bem baratos e atraem a criançada.
  • Não exagere nos gastos com o bolo e com as bebidas – Compre as bebidas com antecedência aproveitando ofertas de supermercados e esqueça as cervejas dos adultos se o orçamento pesar muito. Lembre-se: a festa é para criança, e é para elas que tudo será direcionado. Quanto ao bolo, faça você mesmo ou peça a alguém da família que tenha dotes culinários um delicioso bolo de chocolate – que não precisa ser muito grande – enfeitando-o com confeitos, balinhas, granulados. Se for um menino imite uma pista de corrida e coloque carrinhos plásticos. Se for uma menina faça flores com bala de goma simulando um lindo jardim. Se seu filho tiver menos de 2 anos compre um enfeite para colocar sobre o bolo, de acordo com a sua idade.
  • Faça a festa em sua casa – Aluguel de salão é um dos itens que mais pesa no orçamento. Se você mora em um condomínio com salão de festas reserve-o com antecedência, mas se não tiver essa opção nem espaço, apele para a casa da avó ou alguma tia. A economia será muito grande.
  • Planeje com antecedência a distração da criançada – Se seu filho for menor de dois anos nem adianta gastar dinheiro e perder tempo organizando brincadeiras. Neste caso o melhor são músicas infantis e um cantinho de brinquedos. Mas, se ele for maior ou os convidados forem mais velhos, organize um teatro de fantoches com os tios de plantão ou faça brincadeiras tradicionais: dança das cadeiras, corrida de saco, rabo do burro, bolhas de sabão, cabra cega, confecção de máscaras, etc.Será bem mais divertido do que muitas atrações chatas e sem graça.
  • Economize ao máximo na decoração – Balões chamam a atenção e são muito baratos. Espalhe-os pelo chão, encha o teto e as paredes com eles. Toalhas feitas de papel crepom costumam sair bem em conta. Forre a mesa com as folhas, de maneira que fiquem bem esticadas e na lateral coloque as folhas franzidas formando uma saia. Arremate com fitas de papel e escolha a cor conforme o tema da festa. Sobre a mesa enfeites de festas que podem servir de lembranças no final e os doces, formando caminhos e intercalados com balas e confeitos coloridos.
  • Não gaste muito com as lembrancinhas – A grande maioria das pessoas nem liga para as lembrancinhas e o gasto com esse detalhe geralmente é alto. Coloque a sua criatividade para funcionar e tente economizar ao máximo neste quesito. Saquinhos de doces e balas (os mesmos que você comprou no atacadista), custam pouco. E por que não um cupcake decorado, uma caixinha enfeitada com 3 brigadeiros ou até uma caixinha com um pedaço do bolo que foi servido na festa, bem colorido e enfeitado? A ideia da lembrança é agradecer a presença do convidado, por isso, basta confeccionar com carinho e ser criativo.
  • Faça a festa na escola – Pode ser que seu filho não se importe e até goste da ideia, afinal, na maioria das vezes, é na escola que estão os melhores amigos. Converse com a coordenação com antecedência e verifique se é possível reservar um tempo para comemorar o aniversário de seu filho no período da aula. Leve o bolo, os doces, salgados e enfeites, e vá um pouco antes arrumar tudo. A economia será grande e você poderá até caprichar um pouco mais nos comes e bebes e enfeites. Geralmente as crianças com até 6 anos costumam curtir muito esse tipo de festa.

E você amiga, tem algum segredinho para compartilhar? Não deixe de comentar!